sexta-feira, 24 de outubro de 2008

Nêmesis


Estava no consultório esperando para ser atendida e vi algumas revistas, não gosto muito de ler em clinicas, mas aquela capa com um olho enorme vermelho e amarelo me chamou atenção. O titulo mencionava vingança e perdão, falava da parte psicológica, explicando o porquê nos vingamos, e biológica, todos nascem com esse instinto, muitas hipóteses sob diferentes ângulos e pontos de vista, cada especialista dizendo de onde vem o desejo de vingança. Bom depois de muitas hipóteses, dizendo que a vingança veio daquele ou daquilo. O que realmente me interessou entre tudo aquilo foi a menção de Nêmesis.
Gosto muito de mitologia grega e essas coisas, mas não me lembrava dessa deusa. Nêmesis era a deusa da vingança, acreditava-se que ela punia os mortais por seus atos errados lembrando-os os que na sua posição de mortal não podiam ser afortunados, sua historia mais famosa foi a do castigo que deu a Narciso por iludir varias mulheres ele foi condenado a olhar seu próprio reflexo na água até morrer. Procurei mais sobre Nêmesis e achei uma coisa interessante ela também era considerada a deusa da justiça, um fato também que me chamou a atenção é que em algumas imagens ela aparece com uma balança na mão e na outra uma espada, o que lembra e muito a imagem utilizada pela advocacia, pesquisei sobe isso e descobri que a imagem daquela mulher, da advocacia, é a imagem de Têmis, deusa das leis e irmã de Nêmesis, o que é um modo muito inteligente e pratico de dizer que a justiça e a vingança são próximas.
Justiça e vingança estavam sendo consideradas como sinônimos, o que não acho justo, o trocadilho infame. Quer dizer a vingança seria uma espécie de 'justiça própria' e a justiça, bem eu não sei o que seria a justiça, portanto já havia me complicado toda.
Não satisfeita procurei sobre isso, a maioria dos textos que achei questionavam as diferença entre justiça e vingança. O que consegui resumir de tudo isso foi que a justiça pune seguindo certas normas e leis, já a vingança é pensada unicamente visando o mal de seu alvo.
Sinceramente não fiquei convencida dessa diferença, se pensarmos que a justiça é algo feito por que a pessoa a ser punida cometeu um erro, a vingança seria a mesma coisa só que mais pessoal. Está certo que com a vingança você não se importa em passar de certos limites nem nada parecido, mas se existe a cadeira elétrica e a pena de morte esses tipos de punições também não seriam maneiras de passar dos 'limites'?
Continuo ainda achando que há muita semelhança em: "A justiça tarda, mas não falha." e "A vingança é um prato que se come frio."
A diferença entre as duas seria apenas uma linha, uma linha muito fina.
Postar um comentário