Pages

segunda-feira, 28 de setembro de 2009

Perto... Longe... Agora... Depois...

Do lugar onde estou vejo tudo, mas não é muita coisa.
Tudo parece estar tão perto, mas ao mesmo tempo tão longe de alcançar.
Talvez agora outras pessoas estejam pensando desse modo.
Ou talvez elas reparem isso depois, ou se derem azar nunca.
Perto, longe, agora, depois.
Algumas vezes essas coisas fazem diferença.
Mas somente algumas vezes.
Posso estar muito longe de ti, mas ao mesmo tempo te sentir muito perto.
Mas agora não quero explicar o porquê disso, quem sabe depois.

5 Comentários:

Principe Encantado disse...

Com certeza depois será melhor e mais bem entendida.
Abraços forte

Principe Encantado disse...

Com certeza depois será melhor e mais bem entendida.
Abraços forte

Ebrael Shaddai disse...

Antes tarde do que nunca!! Mas, como dizia minha mãe-de-santo, "é cedo há mais tempo"...kkkk

Abçs!!

Ebrael.

amigodcristo disse...

Poies é esas incertezas sempre nos deixa em extasê.. sempre é porta da esperança para as coisas mal resolvidas... que mutias pessoas preferem virar as costa do que nos ouvir...escolhendo trilhar pela distancia.. adorei seu poeminha.. como sempre encontro palavras simples mas valiosas em seu espaço..
paz seja contigo ...!!!

Iит€я€รรǺитт€ disse...

Excelente post !

Olha as vezes me encontro desse modo,

as vezes acho que estou maluco por enxergar algo mais além do que os outros, mais daí mantenho a calma pois sei que estou apenas vendo as coisas de outro angulo. Se melhor ou pior não sei, mais quase ninguém me compreende.

Grande Abraço, Tenha um ótimo dia!