quinta-feira, 27 de agosto de 2009

Mesmo que Seja Estranho, Seja Você.

Hoje em dia vivemos cheios de rótulos.

Somos rotulados por várias coisas... Somos isso porque consumimos aquilo, pertencemos a tal tribo porque fazemos, ou deixamos de fazer, aquele outro.

Ao final das contas somos produtos. Produtos que a sociedade cria, através de sua tendências que são gravadas em nossas cabeças com ou sem a nossa permissão, e como todo bom produto temos muitos rótulos com direito a quantidades de calorias e lipídios.

ok, você não quer ter os rótulos ou os acha fora de moda... e então o que você vai fazer?

Porque de um jeito ou de outro precisamos nos enquadrar em algum grupo, não que por causa disso deixaremos de ser quem nós somos, algumas pessoas chegam a esse limite, mas acho complicado.

Tribos, grupos e etc são simplesmente necessidades.
Necessidade de reconhecimento, de pertencer a algum lugar, de ter esse lugar para qual sempre possa voltar, enfim todo ser humano se encaixa em algum grupo.

Isso não quer dizer que você seja igual a todos eles, você é você e pronto, entenderam certo? E também não quer dizer que você precise se comportar como os outros.

Só porque você tem seus rótulos não quer dizer que você não possa se desfazer deles, ou adquirir alguns novos ou manter os que tem.

Você pode deixar de pertencer a algum lugar ou trocar se tiver a fim, mas mesmo que seja estranho seja você.
Postar um comentário