Pages

sexta-feira, 10 de outubro de 2008

Ócio


Estava aqui pensando em algo pra escrever, mas o ócio me atrapalha.

Afinal detesto coisas lentas, e ficar sem fazer nada parece que o tempo se arrasta, nunca tive paciência pra esperar certas coisas acontecerem.

E ainda por cima, além de esperar, escutar aquelas frases... "Espera um pouco.", "Vou chegar atrasado", ou o que é pior "Vai pegar o trem?" sinceramente piadinha nessas horas não é legal, não é nada legal. Sem contar aquele ditado popular "O apressado come cru.", tá certo, concordo pode até comer cru mas come antes que os outros, e se o prato for uma salada? Hein? A maioria das saladas são cruas! Como é que chegamos ao assunto comida?!?
Deixando a salada de lado um fato me intriga... por que será que minha mãe não atende o telefone? É raro os momentos que quero falar com ela, então por que ela não antende a porcaria do telefone?
Definitivamente até o final do dia o ócio me matou, sim eu sou dramática, e o que pior ele me mata lentamente com direito a torturas, porque eu olho pro relógio a cada 2 minutos e constato que realmente se passou apenas 2 minutos... E não os 15 minutos que você queria que milagrosamente tivessem passado.
Enfim ainda estou pensando no que escrever e refletindo pra ver se o que eu tô escrevendo agora é perca de tempo ou não, não que eu tenha outra coisa pra fazer agora.
O ócio definitivamente não faz bem a mim.

1 Comentários:

Anônimo disse...

Como disse minha mãe, falamos e falamos e não falamos nada... rs